quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Oitavando

O dilema do oito começou,
já que ele não se foi
nem concretizou desejos insanos e sombrios.
Embora tudo seja fugaz,
há situações que não passam.
Vozes do além impõem regras,
ditam normas
e falam de justiça
(ou falsa moralidade).

2 comentários:

  1. Se escutar vozes do além, não dirija:))) Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. OLÁ,JASANF!

    Muito interessante!

    Abraços!

    ResponderExcluir