sábado, 22 de outubro de 2011

Temperando algo

Tempero para um novo dia
Onde há gosto para tudo
Onde a teoria abraça a prática
Na diversidade de comunicação.
Não há reação nem mostra literária
Para apresentar um novo saber.
Há uma busca intrínseca
Que se metamorfoseia constantemente
Sem destreza e sem conexão
Tudo é performance, diversão e arte
Na nova mania de amar
No novo meio de ver o mar,
Na singeleza das coisas fugidias,
Devolvidas numa fina estampa
Parafraseando vazios e nada.

6 comentários:

  1. Delíciaaaa... um gostinho á vida!!!

    ResponderExcluir
  2. saborosos versos..
    beijos perfumados..

    ResponderExcluir
  3. Imagine um mundo onde somos todos Um.

    Somos o Xingu! participe! Ajude como puder!
    o Xingu pede socorro!

    Confira e participe!
    http://facebook.com/SaveXingu
    http://twitter.com/savexingu
    http://youtube.com/savexingu
    http://savexinguofficial.blogspot.com/

    Vamos ajudarcom orações e vibrações de amor a nossa terra!

    ResponderExcluir
  4. Olá, parabéns pelo teu blog! Gostei dos escritos!! Gostei mesmo! Já estou seguindo!

    Sou músico e cronista! Quando tiver um tempo, confira meu site www.diegoschaun.com.br

    Certo?

    Muita paz!

    ResponderExcluir
  5. Parafrasear vazio é uma ideia....


    bjs meus

    ResponderExcluir
  6. Muito bom Jasanf! Li suas últimas postagens, maravilhosas!!!
    Tudo de bom para você neste ano de 2012!!!!

    Um grande abraço da Lu^^

    ResponderExcluir