domingo, 1 de maio de 2011

Metáforas de minha vida I

É presunção, leitor, nesta vida,
lírios que de tarde deleitavam
à beira mar, como púrpura ambição, praticavam
técnicas para aprender a tocar violão.
Esbelta, quebrada, arrastada pela ida
é a flor que encontrei
e que se abriu em lágrimas do coração
por mares de soberba desatada,
que parece um cisne de Murano,
de alegria e emoção.

17 comentários:

  1. Muito bom seu poema e ouvir roupa nova é sempre bom, parabéns pela postagem.Bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Canção e poema em perfeita harmonia!!!
    E digo, quem de nos não possui suas metáforas... elas são como sonhos azuis...
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Belissimo meu amigo,,,vivemos sim desssas metaforas,,,,abraços de boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Roupa nova com palavras de sempre...e certas!

    ResponderExcluir
  5. Profundo e áspero ao mesmo tempo...
    Coisas de coração sem dono...
    O tempo urge e nós, as vezes paramos!

    bj.

    ResponderExcluir
  6. Faz pensar num recomeço, depois de um amor não correspondido.

    Beijos e bom domingo.

    PS: gostei da visita.

    ResponderExcluir
  7. relembrar Roupa Nova e te ler..
    perfeito!..
    beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  8. Bom demais relembrar..
    Beijos carinhoso
    Tenhas tú uma semana regada de muito amor

    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  9. E sem ser heróis conquistamos

    Beijos Jasanf

    ResponderExcluir
  10. Suas palavras como fundo musical Roupa Nova, Show de bola.

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  11. Jasanf,
    Boa tarde,

    Que lindo!!!

    bjos
    Suely

    ResponderExcluir
  12. As metáforas de uma vida humana, essencialmente complexa, não poderiam ser nada menos que igualmente complexas.
    O poeta é aquele que tudo diz, mas nada facilmente revela.
    Um ótimo começo de semana!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Poemas são gritos da alma, mesmo que se escondam através de metáforas, nem sempre devidamente compreendidas .
    Meu amigo, meu computador, hoje, está se recusando a enviar minhas mensagens. Já xeretei tudo que podia e ainda não descobri a razão.
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Jasanf..

    Poeta é um fingidor ou não?
    Como afirma Fernando Pessoa.
    Acho que não.
    Lindo cisne de murano...puro sentimento....
    Bjkas
    ps. adoro este barulhinho de sino que toca em seu blog!!!
    Ma Ferreira

    ResponderExcluir
  15. Boa noite,Lindo poema "Esbelta, quebrada, arrastada pela ida
    é a flor que encontrei
    e que se abriu em lágrimas do coração"
    Adorei.
    Abençoado inicio de semana pra ti e tua casa!

    ResponderExcluir
  16. OH!!
    Tive que segurar minhas lágrimas...rsrsrsrrs
    Muito lindo, parabéns!

    ResponderExcluir