segunda-feira, 21 de junho de 2010

Começo de Inverno

Inverno, 21 de junho de 2010.

Hoje às 8h 29 min o inverno ocupa-se majestosamente o trono das estações. Ele se torna a musa do frio e abre as portas para as artes. Embora não tenhamos neve, sempre a contemplamos nos desenhos animados. Este é o período que temos que aquecer nossos sentimentos e emoções a fim de que não os percamos de vista. Não se pode diluir o que temos de melhor nem esvair o que o coração a sete chaves guarda. Lutemos por novos amores e a permanência deles, pela amizade que se constrói ao passo que os dias vão se findando, pela gastronomia a nos esperar e pela nova forma de prazer que nos espreita e nos faz resistir ao ato de hibernar. Portanto, fotografemos a vida, a esperança nela embutida e agraciada, louvemos as folhas que caem para que novas surjam na primavera. Voltemos a nós mesmos: à nossa identidade que ressurge das cinzas e que somente adormece para futuramente acordar sem olheiras e com mais esplendor.
Chegou o momento de edificar os bonecos de neves que nossa imaginação desejou compor um dia e também dar existência às belezas naturais propagadas por eles. Imaginemos um céu brilhante e ensolarado esfriando o desgosto, a desarmonia, o desassossego e os problemas do cotidiano.
Nel Mezzo del Camin... Três meses permanecerei para difundir novas reminiscências, não obstante sem oração do sujeito e valorizando a importância do predicado que há em nós. Assim, das folhas secas aos novos frutos, descobrirei pelo caminho o que o inverno traçará em mim.

Um comentário:

  1. A musa da Controvérsia27 de junho de 2010 22:31

    Ficou parecendo que vc não tinha do que falar!

    ResponderExcluir