quinta-feira, 6 de maio de 2010

Dadaísmo: por que não?

Doce abandono, doce religião
O canto desta cidade é meu
Água viva
Festa à Iemanjá
Papel crepom
Semínima, laranjada
Gugu-dadá.

Um comentário:

  1. A musa da Controvérsia19 de maio de 2010 15:14

    Fala sério em, Jander! O que que é isso ? Pare de escrever por escrever. Não dá nem vontade de ler! quando é que vc vai se mostrar? Sei que vc é muito melhor do que isso.

    ResponderExcluir